Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 16/11/2012

Rio Sem Homofobia levará informação, serviços e pesquisa à 17ª Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro

Em parceria o Laboratório Integrado em Diversidade Sexual, Políticas e Direitos da UERJ e com o Grupo Arco-Íris, o Programa realizará uma pesquisa para traçar perfil da população LGBT do Rio

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, patrocinará a 17ª Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro, que acontecerá no dia 18/11, na Praia de Copacabana. Para o evento, o Rio Sem Homofobia prepara uma série de ações para orientar os participantes do evento a respeito dos seus direitos, atendimentos de saúde, além de informá-los sobre as políticas públicas para gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais.

Para isso, será distribuído material informativo sobre o programa e terá atendimento da equipe do Centro de Referência da Cidadania LGBT Capital, orientando os participantes sobre seus direitos, promoção da cidadania, dentre outros. O Programa Estadual Rio Sem Homofobia contará também com três trios elétricos: um com a equipe dos serviços de atendimento à população LGBT e representantes das secretarias e órgãos parceiros do Programa; outro com os casais que tiveram o reconhecimento de suas uniões estáveis e estão em processo de conversão dessas uniões em casamento civil e um terceiro trio com mensagens de paz e respeito à liberdade religiosa, por conta do trabalho realizado na SEASDH, através do Centro de Referência para Enfrentamento à Intolerância Religiosa.

O Governo do Rio, através do Programa Estadual Rio Sem Homofobia realizará em parceria com a UERJ, através do Laboratório Integrado em Diversidade Sexual, Políticas e Direitos, e com o Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, organizador do evento, uma pesquisa pública com os participantes do evento com o tema: “Mobilização, violência e políticas LGBT”. Essa pesquisa, além de traçar um perfil mais detalhado dos frequentadores do evento, pretende identificar o nível de conhecimento de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais sobre seus direitos, serviços de atendimento e políticas públicas envolvendo a população LGBT, seus amigos e familiares. Uma pesquisa semelhante foi realizada em 2003. Dez anos depois, O Rio Sem Homofobia aplicará essa nova pesquisa, com a intenção de comparar dados e verificar possíveis alterações nesses dados sobre a população LGBT.

O superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos e coordenador do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, celebra a realização de mais uma Parada LGBT-Rio: “a cada ano a Parada do Orgulho Rio se torna mais forte e representativa no que se refere às questões que tanto atingem lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, como homofobia e intolerância. É essencial que a população LGBT se una em prol dos seus direitos e sua cidadania e a Parada é o melhor momento para isso, pois alia mensagem política à descontração e alegria, tão presentes no universo LGBT. A presença do programa Rio Sem Homofobia neste evento reforça o papel de protagonista do Governo do Rio, através da sua Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, na promoção dos direitos humanos e o combate à homofobia no Rio de Janeiro”.

Além de Secretaria de Assistência Social e Direitos Humano, também apoiam a Parada 2012, a Secretaria de Ambiente e a Secretaria de Saúde, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual, da Prefeitura do Rio, e a Petrobrás.

 

Informações para imprensa

Márcia Vilella | Felipe Martins

ASCOM SuperDir | SEASDH

(21) 2284-2475 | 8158-9692 | 7965-4313