Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 18/11/2016

Volta Redonda recebe pela primeira vez a Jornada Formativa de Cidadania LGBT

Até dezembro, a Jornada Formativa sobre Cidadania LGBT estará presente em Volta Redonda para instruir os funcionários públicos do município no atendimento e recepção da população LGBT. A ação, que teve início na última quarta-feira (16), é realizada pelo Programa Estadual Rio Sem Homofobia e pela Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) da cidade, em parceria com o Volta Redonda Sem Homofobia. O objetivo do projeto é informar, integrar e formar equipes para fortalecer o respeito aos direitos de cidadania e diversidade de gênero. O Rio Sem Homofobia é coordenado pela Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

No primeiro dia da Jornada, foram ministradas palestras para orientar os profissionais sobre as temáticas da diversidade sexual e de gênero, do enfrentamento da LGBTfobia e da promoção e garantia dos direitos humanos. Desde sua primeira edição, em 2009, o projeto já passou por municípios como Niterói, São Gonçalo, Nova Friburgo, Caxias e São João de Meriti. Somente em Volta Redonda, mais de mil funcionários serão capacitados. A formação está sendo conduzida por técnicos do Programa Rio Sem Homofobia, através dos Centros de Cidadania LGBT da Capital, Duque de Caxias e Niterói.

As aulas serão realizadas simultaneamente em diversos locais e ministradas pela equipe do programa. Os quase 1.100 funcionários das secretarias municipais de Ação Comunitária, Saúde, Educação e da Guarda Municipal serão divididos em pequenas turmas e receberão instruções para humanizar o atendimento e oferecer um serviço adequado, a fim de evitar os casos de discriminação e preconceito.

Segundo o superintendente e coordenador do Programa Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, o enfrentamento da discriminação a partir da qualificação profissional dos servidores públicos é fundamental para o avanço no atendimento digno e respeitoso à população LGBT. “Essa é a primeira edição da Jornada da Cidadania no município e já teremos um grande número de secretarias e servidores participando. Ficamos felizes com a adesão e torcemos para que seja só o começo de uma parceria de muito sucesso, que levará mais cidadania e igualdade para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais de Volta Redonda”, destaca.