Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 25/10/2016

Rio de Janeiro registra mais um caso de violência motivado por homofobia

Na manhã desta terça (25), o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, recebeu a notícia de mais um caso de agressão a um homem homossexual no Rio de Janeiro. Nesta madrugada, José Francisco Costa Vieira foi agredido em Curicica, por volta das 4h. Ele foi encurralado por cinco homens na Rua André Rocha, teve a orelha cortada, braço quebrado e traumatismo craniano. Após conversar com a vítima, a família de José acredita que a agressão foi motivada por homofobia.

O superintendente e coordenador do programa, Cláudio Nascimento, e a coordenadora do Centro de Cidadania LGBT Capital, Elizabeth Fernandes, já estão em contato com as irmãs de José, para oferecer apoio jurídico, psicológico e social. Eles também conversaram com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, para esclarecer algumas demandas da família. Já com a Polícia Civil, Cláudio e Elizabeth apuraram que o caso já foi registrado. Em conversa com o diretor do Departamento Geral de Polícia da Capital, delegado José Pedro Costa da Silva, o Rio Sem Homofobia solicitou uma reunião na Delegacia da Taquara, para falar sobre as investigações.

“Recebi a notícia com muita tristeza. Isso nos mostra que ainda estamos longe de termos superado a violência contra a população LGBT no nosso estado. Essa discriminação odiosa tem sido cada vez mais intensa e de maneira muito cruel, causando muito sofrimento para a vítima e seus familiares”, comentou Cláudio Nascimento.