Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 22/09/2016

Rio Sem Homofobia dá o pontapé inicial para a Jornada Formativa Sobre Cidadania LGBT e Assistência Social

Aconteceu na última segunda-feira (19), na sede da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, o primeiro dia de atividades da Jornada Formativa Sobre Cidadania LGBT e Assistência Social.  O objetivo do projeto é informar, integrar e formar equipes para o atendimento qualificado, respeitoso e não discriminatório, visando uma maior integração entre o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, coordenado pela superintendência, e seus serviços, com a política de assistência social do Estado, fortalecendo a rede de proteção social à população LGBT.

Essa primeira turma foi formada por técnicos da Subsecretaria de Assistência Social e Descentralização da Gestão, com representantes da Superintendência de Gestão do SUAS, Superintendência de Proteção Social Básica, Superintendência de Proteção Social Especial e da Subsecretaria de Integração de Programas Sociais, com representantes da Superintendência de Integração e Qualificação dos Programas. Junto com o Rio Sem Homofobia, as Subsecretarias dividirão a condução da formação. A turma se reunirá novamente na próxima segunda-feira. Na segunda etapa do projeto, que acontecerá no início de outubro, será a vez da equipe do Disque Cidadania LGBT e dos quatro Centros de Cidadania LGBT do estado participarem da jornada. Ao todo, cerca de 100 funcionários participarão do projeto.

“Esta jornada formativa será um importante momento para troca de saberes e de experiências, visando uma maior integração entre as equipes da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a fim de promover mais cidadania e acolhimento para a população LGBT fluminense”, comentou Cláudio Nascimento, superintendente e coordenador do Rio Sem Homofobia.