Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 02/03/2016

Membros do Conselho dos Direitos da População LGBT do Rio de Janeiro se reúnem com o novo secretário de Assistência Social e a Direitos Humanos

Encontro aconteceu nesta tarde no gabinete de Paulo Melo

 

Uma comissão formada por membros do Conselho dos Direitos da População LGBT do Estado do Rio de Janeiro se reuniu hoje (2) com o novo secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, Paulo Melo. O encontro aconteceu no gabinete de Paulo e serviu para levar as reivindicações do CELGBT para ele. 

Após os presentes se apresentarem, as pautas foram lidas pelo presidente do Conselho, Júlio Moreira. Entre os pontos colocados pelos conselheiros estavam a renovação do convênio com a UERJ, que restabelece os serviços do Programa Rio Sem Homofobia; a realização da Conferência Estadual LGBT, marcada para os dias 18, 19 e 20 de março; o pagamento das verbas de patrocínios atrasados para as Paradas do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro, de Madureira, de Duque de Caxias e de Queimados; posse dos novos membros do Conselho; a regulamentação da lei 7411 (CONFIRMAR); e o estabelecimento do Rio Sem Homofobia como política de estado.

Paulo Melo destacou que mesmo antes da reunião, já estava tomando providências, de acordo com as reuniões que teve com o coordenador do Rio Sem Homofobia e vice-presidente do CELBT, o superintendente Cláudio Nascimento, e que a primeira delas foi o pagamento dos atrasados. Nesse momento, seu foco está na renovação com a UERJ. Ele recebeu as pautas e se comprometeu a discutir todas elas com sua equipe, com a intenção de solucionar as preocupações destacadas pelos conselheiros. O novo secretário sugeriu ainda esse encontro se repita a cada dois meses.

“Fico feliz em saber que temos um parceiro aqui e que teremos um diálogo aberto”, comentou Julio Moreira. O presidente do Conselho destacou ainda a importância do novo secretário na articulação com outras secretarias: “vamos precisar ampliar a articulação com algumas secretarias de estado que até o momento não avançaram nessa pauta e o novo secretário terá um papel fundamental”, concluiu.

“A reunião foi um pedido do conselho, onde a comissão levou um conjunto de 10 reinvindicações ao Paulo Melo, para que a gente possa pensar na implementação delas, a fim de melhorar a qualidade de vida da população LGBT. O encontro foi muito proveitoso, o novo secretário ouviu as reinvindicações e se comprometeu à, nas próximas semanas, chamar novamente essa comissão para informar os encaminhamentos”, comentou Cláudio Nascimento.

“O Rio de Janeiro é referência em políticas de avanço, de direitos e de respeito às diversidades. Após um momento confuso da Secretaria, a ordem é restabelecer o diálogo e avançar com as políticas públicas. Como secretário, o canal está aberto. Vamos estabelecer um cotidiano de reuniões. Tenho um profundo respeito pelo Cláudio Nascimento e pelo movimento social que luta pelos direitos LGBT”, comentou o secretário Paulo Melo.