Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 13/02/2015

Rio Sem Homofobia promove campanha educativa "Carnaval com Direitos" durante os dias de festa

Contando com o apoio das polícias civil e militar, a campanha educativa reúne materiais informativos e terá plantão dos serviços do programa

Um carnaval com alegria, direitos e respeito à diversidade para todos os foliões e especialmente a população LGBT. Para difundir os direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais durante os dias de folia e combater o preconceito, o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, coordenado pela Superintendência de Direitos, Individuais, Coletivos e Difusos, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SuperDir/SEASDH), promove pelo quinto ano consecutivo sua campanha educativa “Carnaval com Direitos”.

Este ano o “Blocos Unidos por Um Rio Sem Homofobia” estampa as peças gráficas que compõem a iniciativa (cartaz, ventarola, camisa e adesivo). O material também orienta a população sobre o que fazer em caso de homofobia, além de dar dicas de saúde e prevenção e destacar o serviço do Disque Cidadania LGBT, que funcionará normalmente 24h em esquema de plantão juntamente com as equipes dos quatro Centros de Cidadania LGBT.  Os advogados, psicólogos e assistentes sociais do Programa Rio Sem Homofobia ficarão alocados no CC LGBT Capital (Praça Cristiano Otoni, s/n - Centro - 7º andar), na sede da SuperDir, no Prédio da Central do Brasil para atender às demandas da população LGBT, seus amigos e familiares, entre os dias 14/02 e 22/02.

"Nossa campanha educativa quer garantir que todos e todas possam aproveitar e se divertir com segurança, saúde e, principalmente, sem discriminação. O Rio de Janeiro recebe pessoas de vários lugares, idades, etnias e gêneros nessa época e não podemos deixar que o preconceito estrague essa festa. A campanha é um tripé de ações desenvolvido a partir de três eixos de atuação: uma ação pedagógica de orientação à comunidade LGBT e à sociedade como um todo; o policiamento preventivo e especializado e o plantão dos serviços do Programa Rio Sem Homofobia", destaca o superintendente de Direitos Individuais Coletivos e Difusos e coordenador do Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento.

Plano de policiamento diferenciado e preventivo para o carnaval 2015

Mais uma vez a campanha conta com a parceria da Secretaria de Estado de Segurança, da Polícia Civil e da Polícia Militar. O “plano de policiamento preventivo e especializado para o carnaval 2015” foi desenvolvido em conjunto pelos órgãos de segurança do estado e pelo Programa Rio Sem Homofobia e visa realizar um policiamento planejado e específico para a prevenção de casos de violência homofóbica e o enfrentamento à homofobia. O plano contém uma listagem, organizada pelo programa, dos locais, blocos, festas e eventos em todo o estado que possuem grande frequência de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. O planejamento também inclui a criação de meios que facilitem a troca de informações entre as polícias e os serviços do Rio Sem Homofobia que estarão de plantão, para otimizar o atendimento às vítimas de homofobia.

No Rio de Janeiro, as áreas que receberão mais atenção serão a região da Rua Farme de Amoedo, em Ipanema, e o entorno do Sambódromo. Além do Rio, as cidades de Cabo Frio, Angra dos Reis, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Caxias, Nova Friburgo, Barra Mansa, Maricá, Paracambi, Rio das Ostras, São Gonçalo, Niterói e Macaé receberão policiamento especial.

Informações para imprensa

Márcia Vilella | Natália Vitória 

ASCOM SuperDir | SEASDH  - Target Assessoria de Comunicação

(21) 2284-2475 | 98158-9692 | 98097-5558