Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 03/10/2013

9ª Parada do Orgulho LGBT de Niterói conta com o apoio do Programa Estadual Rio Sem Homofobia

Evento na Cidade Sorriso ocorrerá no próximo domingo (06) e contará com os serviços do Centro de Cidadania LGBT Niterói

O Programa Estadual Rio Sem Homofobia, coordenado pela Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, estará presente na 9ª Parada do Orgulho LGBT de Niterói, que acontece no próximo domingo, 06 de outubro, na Praia de Icaraí. A concentração está marcada para as 15h. O programa, que é coordenador pela Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, apoia o evento.

Uma tenda do Programa Estadual Rio Sem Homofobia será montada na Parada, onde uma equipe do Centro de Cidadania LGBT de Niterói, composta por advogados, assistentes sociais e psicólogos, estará a postos para informar os presentes a respeito dos direitos da população LGBT, assuntos relacionados à essa temática, além de orientar sobre o que fazer em caso de homofobia. Os interessados poderão conhecer uma pouco mais sobre o Rio Sem Homofobia e a estrutura do Centro de Cidadania LGBT de Niterói, que fica na Rua Visconde de Morais, no centro do município (esquina com a Rua Andrade Neves). Além disso, o programa terá um trio elétrico no evento.

“Estaremos na 9ª Parada do Orgulho LGBT de Niterói para mostrar para os presentes que, através do Rio Sem Homofobia, o poder público está presente para proteger a população LGBT dessa região. O Centro de Cidadania LGBT Niterói é o mais novo dos quatro existentes no estado. Precisamos cada vez mais fazer com que as pessoas conheçam seus serviços e saibam que existe uma equipe multidisciplinar, preparada para atender e orientar gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais”, destacou o superintende de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos e coordenador do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento.

Inaugurado em junho de 2012, o CC LGBT de Niterói realizou 316 atendimento no ano passado. Do total de usuários, 33% eram homens gays – a maioria – e 46% procuraram o Rio Sem Homofobia por conta de violência homofóbica. Agressões verbais e físicas correspondem a 64% dos casos. O Centro de Cidadania LGBT – Niterói funciona de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h.

 

Informações para imprensa

Márcia Vilella | Felipe Martins | Natália Vitória

ASCOM SuperDir | SEASDH

(21) 2284-2475 | 8158-9692 | 7965-4313