Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 14/08/2013

Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos e Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro dão início a jornada

“Jornada ACADEPOL de Formação para a Promoção da Cidadania LGBT, da Liberdade Religiosa e Direitos Humanos” iniciou a capacitação de 1.200 policiais civis em formação na ACADEPOL


Começou hoje (12), a “Jornada ACADEPOL de Formação para a Promoção da Cidadania LGBT, da Liberdade Religiosa e Direitos Humanos”, que capacitará os 1.200 policiais civis em formação na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra - ACADEPOL, entre inspetores e delegados. O objetivo do projeto é promover a qualificação do atendimento policial às demandas da população LGBT, no que diz respeito ao enfrentamento a homofobia e à promoção dos direitos e da cidadania de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. A iniciativa é uma realização da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SuperDir/SEASDH), em parceria com a Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro. Essa jornada faz parte do projeto “Jornada Formativa de Segurança Pública e Cidadania LGBT”, lançado em julho deste ano, que qualificará 7.200 profissionais de segurança do estado do Rio de Janeiro, entre policiais militares e civis.

Além do superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos e coordenador do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, e o Delegado Dr. Carlos Alberto Ramos da Silva, Diretor da Divisão de Ensino da ACADEPOL, estavam presentes na abertura da jornada os coordenadores dos Centros de Cidadania LGBT da Capital, da Baixada Fluminense e de Niterói, Sheila Corrêa, Ernane Alexandre, Almir França e Cristiane Simões, respectivamente, que serão os palestrantes da capacitação dos novos inspetores e inspetoras.

O superintende Cláudio Nascimento afirmou que a Policia Civil é um importante parceiro do Rio Sem Homofobia: “a Policia Civil está sempre preocupada com as questões de direitos humanos no nosso estado. É uma das polícias do Brasil mais avançadas nesse sentido. Isso é imprescindível, uma vez que ela é a principal agente de promoção dos direitos humanos e da cidadania da população. Os policias são nossos parceiros também na solução de crimes motivados por homofobia, como no caso do jovem Eliwelton de São Gonçalo, por exemplo.”

O Dr. Carlos Alberto destacou que “a parceria com a SuperDir para a formação e qualificação desses novos inspetores de policia é de extrema importância, pois as demandas de direitos humanos são cada vez maiores. A ACADEPOL tem muita preocupação com a qualificação dos seus profissionais. Por isso, construímos uma grade curricular completa e que atenda às áreas e temáticas de importância para toda a população, sem discriminação.”

Após a saudação do superintendente e do diretor, os 200 policiais foram divididos em quatro turmas, para assistirem as palestras ministradas pelos coordenadores dos CC LGBT. As aulas abordam temas como conceitos de sexualidade, direitos já conquistados para a população LGBT e atuação policial adequada. Além disso, serão expostos os dados de violência no Rio de Janeiro, mostrando quais são os principais tipos de violações sofridas pela população LGBT.

“Queremos mostrar para as turmas informações objetivas que contribuam para a formação de cada profissional que assumirá seu posto no fim de 2013. Mas essa é uma via de mão dupla. Também queremos aprender com os policias as novas demandas que eles encontram nas ruas”, finalizou Cláudio Nascimento.

Ate o final de setembro, serão realizados seis encontros, que contemplarão todo o efetivo em formação da Polícia Civil.

 

Informações para imprensa

Márcia Vilella | Felipe Martins | Natália Vitória

ASCOM SuperDir | SEASDH

(21) 2284-2475 | 8158-9692 | 7965-4313