Página inicial / notícias / leis e direitos / governo do rio de janeiro

Notícias

Publicado em 28/06/2013

28 de junho – Dia Mundial do Orgulho LGBT: uma data para celebrar lutas e conquistas

Data histórica marca o início da luta da população LGBT pela liberdade de expressão e igualdade de direitos 

Desde a década de 70, vários países celebram o Dia do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) no dia 28 de junho. Nesta data, em 1969, aconteceu a Revolta de Stonewall, na cidade de Nova Iorque.

Stonewall Inn era um bar de frequência LGBT que sofria todas as noites repetidas batidas policiais sem justificativas, sempre com muitas humilhações, constrangimentos e violência. Até que naquele dia, os frequentadores se revoltaram contra a polícia. A resistência durou três noites, mudando para sempre a postura da comunidade LGBT daquela cidade (e, consequentemente, do mundo), pois trouxe para a sua perspectiva conceitos como orgulho, resistência, consciência, dignidade e atitude.

Aquele dia marcou o início do movimento moderno LGBT em prol da liberdade de expressão e igualdade de direitos, a partir de estratégias como o resgate da autoestima, a construção de referências positivas e a promoção de ações de visibilidade da causa. Desde então, esta data é celebrada por meio de paradas, manifestos e outros eventos culturais, numa expressão de orgulho - e não de vergonha - de assumir publicamente a orientação sexual e identidade de gênero LGBT. Antes, eram realizadas atividades somente neste dia, mas hoje esse movimento toma vários meses: entre maio e outubro de cada ano.

O Governo do Rio de Janeiro tem trabalhado para a construção de um estado para todos, sem distinção de orientação sexual e identidade de gênero. Criamos o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, uma política governamental que orienta o conjunto dos órgãos públicos para o enfrentamento da homofobia e também para a promoção dos direitos de LGBT.

Hoje, a população conta com um serviço telefônico gratuito e 24 horas – o Disque Cidadania LGBT (0800 023 4567) - de abrangência estadual, para atendimento à população LGBT, seus familiares e amigos e/ou interessados, em razão de discriminação ou em busca de direitos. Além disso, o serviço faz acolhimento de LGBT visando apoio emocional;

Outro serviço estadual que criamos foi o Centro de Referência da Cidadania LGBT, equipamento público, que conta com advogados, psicólogos e assistentes sociais. Funciona de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas. Hoje, já são quatro unidades: uma no Rio de Janeiro, na Central do Brasil; mais uma em Duque de Caxias, outra em Nova Friburgo e em Niterói.

Dia 28 e junho é dia de afirmar que temos ORGULHO de ser quem somos!

É bem evidente que quando os governos trabalham de maneira integrada e atenta para a questão dos direitos humanos e a diversidade cultural, a gestão de uma política para LGBT é facilitada e tem maior chance de êxito. No Dia do Orgulho LGBT, o estado do Rio de Janeiro se orgulha em contribuir para que a discriminação contra essa população não vá pra frente, porque um lugar tão maravilhoso como o Rio não pode combinar com homofobia.